Reflexões sobre a vida a dois

Hoje, meus pais completam 35 anos de casamento. Incrível como eu admiro o relacionamento deles e ao mesmo tempo busco algo diferente para mim. Adoro viver com quem eu vivo, mas confesso que adoro ter momentos meus, de completa solidão, às vezes. É, eu me acho uma ótima companhia. Não preciso de muita coisa além de mim.

Algumas vezes, quando descubro que vou ter esses momentos, me bate insegurança, incertezas, dúvidas e medo. Mas, quando eles chegam, me lembro de como eu sou uma pessoa legal e fico muito bem. Acho que é isso que me faz sentir viva. Preciso fingir que sou independente para ficar bem. Dependência me dá arrepios. Odeio me sentir mulherzinha!!

Ler, ver séries, fofocar com amigos queridos, dormir de atravessado na cama, ter uma hora só para mim são algumas das coisas que me fazem bem. Sou bem egoísta, eu sei, mas que atire a primeira pedra quem também não é.

Anúncios

Um comentário sobre “Reflexões sobre a vida a dois

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s