Eu vou é cuidar mais de mim

Cada vez mais, eu acredito que devo me dedicar a mim mesma. Confiar nos outros só me traz decepção, angústia e traição. Estou farta de enfiar a cara na parede e de mentiras. Isso machuca demais e já causou danos à minha saúde!
 
Operação reciprocidade deve começar logo! Preciso de coragem… Minha única dúvida é como me sentir vingada sem ir contra os meus princípios pessoais? Será que vou precisar passar por cima de mim mesmo? É verdade que já tive que passar uma vez por cima das coisas que eu acredito. Mas não valeu de nada, não é mesmo? Errar uma vez foi permitido, mais do que isso é um pedido para que tudo termine logo. Para não dizer falta de vergonha na cara.

Não entendo como as pessoas mentem e não sentem culpa. Será que eu não sou digna de consideração? A repetição me dá sinal da resposta. Acho que devo ter uma cara de babaca ingênua bem grande.

para ser feliz…

Não preciso de muita coisa para ser feliz: uma cozinha com ferramentas legais para eu cozinhar, os ingredientes que preciso para fazer comida, uma cia agradável e uma taça de vinho de uvas verdes. Isso me basta por hoje.

Sem contar o programa que está passando na TV: Estúdio Coca-Cola com Calypso e Paralamas do Sucesso. Mega divertido ver os caras do Paralamas tirando um sarro com a Banda Calypso.

Procurando novidades

Esses dias peguei meu Ipod e fui procurar algo pra ouvir no trabalho e relaxar… procurei, procurei, procurei e nada.  Mas de 500 músicas e eu não achava uma única que me agradasse. Apesar de ter gosto por coisas que são eternas, aquelas músicas não estavam me empolgando como quando descubro algo novo.

Foi assim quando conheci Amy Winehouse, Madeleine Peyroux e alguns outros. Porém, agora, não consigo achar nada que escute e me faça pensar “está aí algo novo e criativo”. Cansei das minhas músicas e preciso de vida nos meus ouvidos. Quero gostar muito de algo novo e ouvir até cansar.

A mesma coisa tem acontecido com os livros. Estou querendo descobrir algo novo e que me deixe fascinada. Acho que estou chata mesmo.