O caso da Uniban

Voltamos aos tempos do conservadorismo, só pode. Ainda estou espantada com o barulho que um micro-vestido causou em uma faculdade.

Se o barulho e toda a bagunça que pernas de fora causaram espanto na minha pessoa, o que dirá então da expulsão da menina que foi quase vítima de violência sexual pelos animais que estudam naquela universidade.

Sem provas aparentes, pelo o que já dei uma apurada, a Uniban colocou toda a culpa nela. É mais fácil culpar uma mulher (que é vítima desde o início dos tempos) de um caso assim. É mais do que reconhecer que os seus alunos são hipócritas, com um pensamento pequeno e que não podem ver um par de coxas.

Se drogar, cometer abusos com álcool e sair beijando 15, 20 pessoas numa micareta pode. Porém, usar uma saia curta, não. Sabe como é, aquele não ambiente para tal.

Não sou a favor de mulheres que usam o corpo para se promover, porém, é delas e elas têm o direito de fazer o que quiserem com a sua imagem. O que me revolta é esse machismo e hipocrisia por parte dos alunos e da faculdade.

Se eu fosse essa guria, enfiava um processo na Uniban e mudava de faculdade. Eu não gostaria de ser formada por uma instituição que tem um pensamento desse.

Anúncios

As aparências enganam

Sou um pouco preconceituosa, eu sei. Às vezes, olho um pessoa e julgo o livro pela capa. Bom, tenho uma boa intuição mas, algumas vezes, eu me engano.

Ontem, eu tive um gostoso engano. Conheço um senhor que deve ter seu 60, 70 anos e que tem cara de vovô fofinho. Uma simpatia, super inteligente, mas meu papo com ele nunca passou de assunto profissionais.

No almoço dessa última quarta, tive a oportunidade de trocar idéias sobre música com ele. O que eu esperava era uma lista de artistas das antigas, músicas mais românticas, sertanejas e coisas do tipo.

Ledo engano. Muito mais antenado que eu, ele me deixou com o queixo caído contando sua aventura ao ir no show do Kraftwerk (juro que pagaria para ver a cena) ou se deliciando me falando sobre o CD da outra banda do Jack White (o cara estranho que toca na igualmente estranha dupla The White Stripes).

Ele ainda lamentava que não poderia ir ao show do Iggy Pop no próximo final de semana… acho que aprendi a lição e prometo me esforçar para não mais julgar as pessoas pelo seu lado de fora.