As aparências enganam

Sou um pouco preconceituosa, eu sei. Às vezes, olho um pessoa e julgo o livro pela capa. Bom, tenho uma boa intuição mas, algumas vezes, eu me engano.

Ontem, eu tive um gostoso engano. Conheço um senhor que deve ter seu 60, 70 anos e que tem cara de vovô fofinho. Uma simpatia, super inteligente, mas meu papo com ele nunca passou de assunto profissionais.

No almoço dessa última quarta, tive a oportunidade de trocar idéias sobre música com ele. O que eu esperava era uma lista de artistas das antigas, músicas mais românticas, sertanejas e coisas do tipo.

Ledo engano. Muito mais antenado que eu, ele me deixou com o queixo caído contando sua aventura ao ir no show do Kraftwerk (juro que pagaria para ver a cena) ou se deliciando me falando sobre o CD da outra banda do Jack White (o cara estranho que toca na igualmente estranha dupla The White Stripes).

Ele ainda lamentava que não poderia ir ao show do Iggy Pop no próximo final de semana… acho que aprendi a lição e prometo me esforçar para não mais julgar as pessoas pelo seu lado de fora.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s