Sempre siga as regras de uma receita

A Maria, uma amiga minha, faz um cheesecake que é simplesmente divino. Assim, de comer ajoelhada e rezando. Ele é de Nutella com geléia de Framboesa (ou amora, pêssego, cereja… aquela que você quiser). Me apaixonei por ele só de ver a foto. Depois que comi, virei sua fã número 1. Meu carinho pela Maria aumentou ainda ainda mais também. hehehe

Junto com a receita dessa maravilha também veio um aprendizado: NUNCA ACHE QUE AQUELE PS É EM VÃO! Resolvi testar a receita em casa. Ficou gostoso, mas o recheio que dá nome à sobremesa poderia ter dado mais certo não fosse uma negligência minha.

Anotem a receita correta: para a massa, use dois pacotes de biscoitos maizena triturados no liquidificador e misturados com 200 gramas de margarina sem sal. Espalhe no fundo e em metade da lateral de uma forma de fundo removível e leve uns 10 minutinhos no forno.

Para a massa de queijo, use 1 lata de leite condensado, 1 pote de cream cheese, 1 ricota (que pode ser trocada por uma lata de creme de leite, coisa que eu fiz, mas recomendo usar a ricota pela consistência e sabor) e um pouco mais da metade de um pacote de gelatina sem sabor dissolvida. Tudo batido no liquidificador. Foi nessa parte que errei. Eu usei o pacote inteiro da gelatina, o que deixou a massa bem gelatinosa e plastificada, apesar de ficar gostosinha.

Para cobrir o cheesecake, você pode escolher a geléia do seu sabor predileto e dividir o espaço com Nutella. Se você seguir as dicas da minha amiga Maria (coisa que eu não fiz), não terá problemas de aderência da Nutella e da geléia com a parte de queijo, do contrário…

Mas olha, mesmo com o meu erro, a sobremesa ficou gostosa e estou pensando em repetir o doce no Natal, seguindo todas as sábias observações da Maria. Volto só para dizer se deu certo, ok?

Anúncios

3 comentários sobre “Sempre siga as regras de uma receita

  1. Que coincidência! Postei hoje uma receita de cheesecake! Gostei da dica da Maria – a combinação nutella com geléia de framboesa parece divina, vou testar. Já a massa… Já fiz essa versão com gelatina, mas aderi a uma receita mais simples, que é muito fácil e não tem erro, sempre dá certo! Dá uma conferida lá no blog! Beijos, Ju

  2. Quanta Honra!!
    Vans, esse cheese cake sofre mudanças cada vez que faço. O bom é que tem sempre um motivo pra fazer de novo. E se eu colocar tal coisa…se fizer de tal jeito…..heheh
    Adorei o post e a homenagem. Tb já cometi o erro da gelatina kkkk quanto menos melhor pq fica mais aerado.
    Aiaiaia vc me deu muuuita vontade!!!
    Beijocasss

  3. Pingback: Atualização do cheesecake | Uma pitada em quase tudo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s