Peixada mineira

Já falei aqui sobre o meu amor por Minas Gerais e as pessoas dessa terra tão querida. Quem me conhece há mais tempo, também sabe que eu estava de férias no Chile quando aconteceu o terremoto de 2009. O evento me deu histórias para contar e um casal de amigos mineiros muito querido que, infelizmente, mora longe: o Carlos e a Katucha.

Mais do que bons de papo, os amigos mineiros também são bons de prato e as conversas sempre acontecem em uma mesa! Além de dicas de turismo, de onde comer, em quem votar e outras, os mineiros também são bom de receitas.

A de hoje é uma indicação do Carlos,  e eu adorei a colaboração para o blog, mas tive que fazer algumas adaptações porque não encontrei o peixe que ele indicou. Anote aí o que é necessário para uma peixada mineira.

  • 2,5 Kg de peixe (a indicação era Dourado, mas como não achei, troquei por Badejo
  • 500g de camarão limpo
  • 3 pimentões (um verde, um vermelho e um amarelo)
  • 3 limões (eu usei siciliano)
  • 2 cebolas
  • 3 tomates sem pele e semente
  • 500 ml de molho de tomate
  • 200 ml de leite de coco
  • Sal e pimenta do reino a gosto
  • Azeite
  • Coentro
  • Alho

Eu tive que fazer algumas mudanças na preparação porque o Badejo tem a carne bem mais macia e não podia ter o mesmo tempo de cozimento do dourado, para não ficar desmanchando. Bom, primeiro você tempera as postas de peixe (deixei umas fatias bem grossas) com o limão, sal e a pimenta. Enquanto elas pegam o sabor do tempero, fatie os pimentões, os tomates e pique as cebolas.

Em paralelo, ferva a água com sal e escalde o camarão (ele vai mudar de cor e ficar rosinha). Deixe ferver 2 minutos, retire e mergulhe os camarões em água fria (com algumas pedras de gelo) para ele ficar macio.

Depois que tudo estiver cortado, pega uma panela do tipo wok e cubra o fundo com azeite. Corte dois dentes de algo em fatias finas e distribua no fundo da panela. Coloque as postas de peixe em cima. Distribua os pimentões, as cebolas picadas e os tomates. Coloque metade do molho de tomate, o leite de coco e o restante do molho de tomate. Coloque os camarões em cima e o coentro bem picadinho. Deixei cozinhando em fogo baixo por cerca de 40 minutos, uma hora.

Para acompanhar, arroz e farofa (Carlos, o pirão vai ficar para uma próxima porque eu comprei o peixe todo limpo já).

A Páscoa está chegando e essa é uma boa pedida para a semana!

Anúncios

Um comentário sobre “Peixada mineira

  1. Apesar de ser mineira e de gostar de uma boa prosa, só preciso de uma palavrinha para descrever o prato que eu tive o prazer de degustar com meus queridos… DIVINO. Beijos e obrigada pelo almoço Van.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s