Creme de Cogumelos

Eu sempre volto de viagem com saudade de sabores. Desde pequena é assim: o caranguejo de Natal; o bombom de cupuaçu de Belém; o chocolate quente do hotel de Orlando; a torta de frutas vermelhas de Santiago; a batata frita de Bruxelas; o currywurst de Berlim… São tantas as lembranças gastronômicas que iria demorar algumas páginas falando sobre elas.

Pois bem, recentemente, voltei de um período de férias na Alemanha e na República Tcheca e mais um sabor ficou na lembrança. Numa noite geladinha de Munique, tive uma enorme vontade de tomar um caldo ou creme. Ao chegar no restaurante da cervejaria Paulaner, me deparei com algo apetitoso: creme de cogumelos.

Tenho fascínio por cogumelos e, em formato de creme?! Era perfeição demais. Foi essa a minha aposta. O único problema é que tenho sonhado com esse creme desde então!

De volta para casa, minha primeira ida ao mercado me proporcionou um belo encontro com cogumelos Paris lindos! Era um sinal: eu tinha que tentar recriar o creme.

Com 400g de cogumelos, um pote de creme de ricota light e uma lata de creme de light também, acho que alcancei meu objetivo.

Primeiro, com os cogumelos fatiados, duas colheres de manteiga, um dente de alho picado e azeite, fiz um refogado. Quando o cogumelo começou a ficar dourado, absorvendo a manteiga e o azeite, coloquei sal e o creme de ricota. Deixei ele amolecer e juntei o creme de leite. Temperei com um galho pequenino de alecrim e pimenta do reino. Mexi bem até ferver e acrescentei uma colher de parmesão ralado. Incorporei o queijo no creme e servi em duas bowls médias.

20121014-175007.jpg