Lasanha da Nigella

Tenho uma amiga, a Ana, que é praticamente um Garfield. Ela AMA lasanha com todas as forças do corpo dela. Impossível fazer uma em casa sem lembrar da pessoa. E, nesse último ano, achei a minha receita predileta de lasanha: é a Lasanha Calabresa Rápida da Nigella, que está no livro Nigelissima. Já fiz inúmeras vezes e tem sido um dos pratos mais frequentes quando chamo alguém para almoçar ou jantar em casa.

Resolvi fazer esse post dedicado à Nath, futura esposa da Ana, as donas do casamento mais bapho desse ano. Comida = amor. Portanto, quero dar minha contribuição para a Nath ter a Ana para sempre. Mesmo porque, ela é a namorada mais bacana que a Ana já teve e quero que a relação das duas dure uma eternidade. Além de tudo, a Nath é carioca. Tamu junto, peixe!

Os ingredientes são:

  • 4 ovos
  • 2 colheres de sopa  de azeite
  • 1 cebola pequena
  • 1 colher de chá de sal marinho em flocos ou 1/2 colher de sal refinado
  • 500 g de carne moída (eu usei patinho)
  • 60 ml de vinho tinto
  • 1,2 l de polpa de tomate e 1 litro de água
  • 250 g de muçarela em bola (não pode ser a de búfala)
  • 500 g de folhas de lasanha seca
  • 350 g de presunto cortado em fatias finas
  • parmesão ralado a gosto

Coloque os ovos para cozinhar. Eu deixo por cerca de 10 minutos, mas porque eles normalmente estão gelados. Em uma outra panela, aqueça o azeite e jogue a cebola. Quando ela começar a ficar bem transparente, jogue a carne, o sal e deixe até a carne ficar macia e perder a cor vermelha de crua. Nesse ponto, coloque o vinho. Deixe apurar um pouco e coloque a polpa de tomate e a água. Mexa e, quando começar a levantar fervura, tampe a panela e deixe assim por uns 5 minutos. Desligue o fogo.

Nesse momento, você liga o seu forno a 200 graus para aquecer e começa a montagem. Descasque os ovos e pique de maneira grosseira. Fatie também as bolinhas de queijo. Em uma forma grande, coloque um pouco de molho e espalhe para a massa não grudar no fundo, cubra com a massa, depois outra concha de molho, parte das folhas de presunto, parte dos ovos e do queijo (a Nigella sugere um 1/3, mas como a minha lasanha sempre fica mais alta do que a dela, sugiro 1/4). Repita o processo nas outras camadas. Na última, cubra com a massa restante, regue com todo o molho que ainda tem na panela e salpique queijo ralado.

Cubra com o papel alumínio, com o cuidado de selar bem as bordas, e leve ao forno por cerca de uma hora. Depois disso, tire o alumínio (a lasanha deve estar, nas palavras de Nigella, com a aparência enrugada de um Shar Pei, do contrário, você volta com o papel e deixa mais uns 10 minutos) e espere esfriar um pouco. Eu gosto de colocar a forma descoberta no forno por mais uns 10 minutos para secar um pouco do molho e ela não ficar tão molhada.

Eu acho que ela fica muito mais leve do que as outras receitas de lasanha que já fiz.

  

Anúncios

2 comentários sobre “Lasanha da Nigella

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s